Viagem: Espanha - Barcelona



2011 - outubro, 12 a 17


Após termos percorrido à pé o Caminho de Santiago de Compostela, iniciamos uma viagem como mochileiros, visitando inicialmente a cidade do Porto e Lisboa, em Portugal.

De Lisboa seguimos para Toledo e, depois, Sevilha, na Espanha, fazendo conexões em Madri e, agora, em uma nova conexão em Madri, seguimos para conhecer Barcelona.


Barcelona está distante 630 quilômetros, que percorremos no trem AVE da Renfe, que a exemplo do trem que fez o percurso até Sevilha, viaja numa velocidade de 300 km/h, com muito conforto.

Viagem: Espanha - Sevilha


2011 - outubro, 09 a 12

Após termos percorrido à pé o Caminho de Santiago de Compostela, iniciamos uma viagem como mochileiros, visitando inicialmente a cidade do Porto e Lisboa, em Portugal.

De Lisboa seguimos para Toledo, na Espanha, fazendo conexão em Madri e, agora, novamente fazendo conexão em Madri, na estação Porta de Atocha, seguimos para conhecer Sevilha.

Sevilha está situada na Comunidade Autônoma de Andaluzia e na Província de Sevilha, sendo capital de ambas. É a quarta maior cidade da Espanha. Sua história se inicia por volta do século XIII a.c., tendo sido palco de importantes fatos da história Espanhola.

Viagem: Espanha - Toledo



2011 - outubro, 08 e 09

Após termos percorrido à pé o Caminho de Santiago de Compostela, iniciamos uma viagem como mochileiros, visitando inicialmente a cidade do Porto e depois Lisboa.

De Lisboa, tomamos um trem-hotel e seguimos para Madrid, onde fizemos uma conexão para Toledo, na Espanha, chegando no início da tarde do dia 08 de outubro, uma terça-feira de muito sol.

Viagem: Portugal - Lisboa



2011 - outubro, 04 a 07

Após termos percorrido à pé o Caminho de Santiago de Compostela (ver postagem). Iniciamos uma viagem como mochileiros, visitando inicialmente a cidade do Porto (ver postagem) e, continuando nossa viagem, novamente de trem, chegamos a Lisboa na tarde do dia 04 de outubro, uma terça-feira de muito sol.

Viagem: Portugal - Porto



2011 - outubro, 02 e 03

Assim que terminamos a peregrinação no Caminho de Santiago de Compostela, ficamos alguns dias conhecendo a cidade de Santiago de Compostela e visitamos Muxia, Finisterre e Muros, na Espanha, conforme consta de nossa postagem anterior. Aproveitamos, então, nossa estada na Europa para conhecer algumas cidades, viajando como mochileiros. O primeiro destino foi a cidade do Porto, em Portugal, que relatamos aqui.

Caminhada: Espanha - Peregrinação a Santiago de Compostela



2011 - de 24/08 a 02/10

O que chamamos de Caminho de Santiago de Compostela é, na verdade, um conjunto de rotas com destino ao o túmulo do Apóstolo de Jesus Cristo, Tiago Maior que se encontra na Catedral da cidade de Santiago de Compostela, na Galícia, Espanha. Aqui relatamos nossa experiência em caminhar por mais de 800 quilômetros nessa milenar rota.

Roteiro percorrido à pé.
Depois que um pastor de ovelhas chamado Pelaio, guiado por uma constelação de estrelas, nos idos de 813, descobriu os restos mortais do apóstolo, foi edificada no local uma capela e os europeus começaram a peregrinar em direção ao túmulo.

As peregrinações foram crescendo com as pessoas saindo de suas casas e, por onde trilhava a maioria dos peregrinos surgiram rotas, sendo a principal a denominada de Caminho Francês, que parte de Saint-Jean-Pied-de-Port, nos Pirineus franceses.

Para muitos europeus ainda é comum saírem de suas casas já caminhando. Seguem pelas rotas pré existentes por conveniência da estrutura de apoio: albergues, locais para refeição e sinalização indicativa por meio de setas. Alguns desses peregrinos retornam para suas casas caminhando.

A maior parte das pessoas que trilha alguns dos caminhos que levam a Santiago de Compostela começa a fazê-lo bem antes de iniciar a caminhada física ou da viagem de ida ao ponto de partida. A decisão de reservar uma determinada quantidade de dias de suas vidas para preparar-se e para percorrer todos aqueles quilômetros já faz parte do caminho e são de importância fundamental.

É nessa fase que a mente é lapidada sobre os diversos aspectos que envolvem essa empreitada tão relevante e, para que não seja prejudicada é necessário tratar da questão financeira, da preparação do corpo e da mente, decidir sobre a época do ano mais propícia,  assim como sobre os equipamentos e vestuário a levar. É importe buscar antecipadamente informações sobre os locais que serão visitados.

Leia nosso relato da experiência que vivemos em 33 dias caminhando por onde as setas nos guiavam ....